Para pisar com atitude, veja aqui algumas dicas de estilo sobre os sapatos mais importantes do outono-inverno. Uma dica que vale para botas, ankle boots e oxfords: se quiser alongar a silhueta use meias opacas (fio 40) no tom do calçado.

Ankle boots. Ou Open Boot, são as botas da hora. Não passam do tornozelo (ankle = tornozelo), podendo ter amarração, salto fino, plataforma ou anabela, abertura na ponta (pee toe), recortes rendilhados. Vão bem com jeans, calças skinny, cenoura, leggings, shorts, saias e vestidos em todos os comprimentos. Deixam qualquer look clássico com cara de moderno. Com terninhos, looks alfaiataria, ficam o máximo.

Botas Cowboy. Têm uma forma característica (bico fino e desenhos de pespontos) e vão bem usadas com jeans skinny (por dentro das botas) e com vestidos soltinhos. Para ultrapassar as fronteiras western pode-se combiná-las a modelos delicados. Faz o contraponto girlie. Evite compor todo o visual country.

Coturnos. Botas de inspiração militar com amarração de cordões. Ideais para as jovens usarem com skinny, shorts (de preferência com meia-calça preta, fio 40), roupas descoladas nos estilos rock, punk e grunge. Ficam bem também para quebrar o romantismo de vestidos leves e fluidos – esse contraste é muito moderno.

Montaria. De cano longo e ajustado na perna, esse tipo de bota costuma ter detalhes de fivela, salto baixo. É para usar por fora de jeans e de calça ajustadas, mas saias e vestidos também fazem bonito.

Oxfords. Sapatos estilo masculino, de amarrar, usados pelos estudantes da Universidade inglesa de Oxford (daí o nome). Use-os com vestidos, saias,  shorts, calças sequinhas. Se a calça for mais larguinha, melhor dobrar a barra.