Herança bendita dos anos 70, a pantalona volta forte no próximo verão. Na verdade, nunca deveria ter saído: é clássica, elegante, confortável, vale por uma lipo rápida (disfarça gordurinhas, afina a cintura, alonga a silhueta) e, como se não bastasse, acrescenta um ar competente nos ambientes corporativos.

Dicas de como usar –  Da eterna camiseta branca básica, às camisas de seda, coletes e blazers, vale tudo no “andar” de cima. Os looks de alfaiataria são muito bem-vindos. A única regra é evitar peças muito longas que “brigam” com a modelagem das pantalonas. O comprimento ideal é na altura do cós da calça ou mais curto. Evite também peças com volume e recortes assimétricos que distorcem a achatam a silhueta.

A equação — largo em baixo, estreito em cima – deve sempre prevalecer.

Às gordinhas uma recomendação: convém não exagerar na amplidão da pantalona e preferir um top ou uma camisa sequinha na mesma cor da calça, criando um look monocromático.

Um dos maiores aliados das pantalonas são as sandálias de plataforma, de espírito setentista. Escarpins e sapatilhas com o bico mais fino (só para quem é alta)  também são boas opções de acessórios: deixam o look mais elegante. Olho vivo também no comprimento da barra. O ideal é deixar a bainha no mínimo na metade do salto para não encurtar a silhueta.

Calça flare, uma reedição das antigas calças bocas de sino

Na esteira dos anos 70, que trouxe de volta à cena as saias longas e as pantalonas, retornam também as calças bocas de sino, agora chamadas de calças flare.  À semelhança da pantalona, exige equilíbrio na hora da produção. Justa nos quadris e aberta a partir dos joelhos, a flare fica melhor com tops mais soltinhos como camisas de cetim, seda ou cambraia de algodão. Pode-se usar a blusa por fora ou por dentro da calça: nesse último caso o conjunto fica mais elegante, embore ressalte o quadril.  Se o seu não for estreito, jogue um blazer ou cardigã por cima, e pronto.

As calças flare podem ser confeccionadas em vários tipos de tecidos, mas o modelo que mais “conversa” com a referência 70´s da peça é o jeans..Como as barras são longas, próximas ao chão, as flare não combinam com sapatilhas ou rasteirinhas. Prefira plataformas e sandálias de saltos altos que alongam a silhueta.

Acompanhe mais novidades da Revista Plaza aqui.