Graças a invenção de Gutenberg, foi-se possível fazer primeiro o  livro impresso, a Bíblia. Sua invenção revolucionou o mundo, pois possibilitou a liberdade de expressão e estimulou a imaginação do homem.

( Essa é a primeira  Bíblia impressa e original de Gutenberg)

Com suas histórias que  nos emocionam, tocam e cativam , os livros nos permitem vivenciar um universo paralelo, onde nós demos formas a tudo – quem nunca se apaixonou pela garotinha que se perde em um mundo mágico, com gatos falantes, chapeleiros malucos e lagartas sábias?

 

Espalhando magia por aí

A brincadeira é a seguinte:

1) Você escolhe um livro que lhe proporcionou uma grande emoção.

2) Escreve uma dedicatória do tipo ” Espero que este livro leve você a  um mundo mais bonito, onde sua imaginação é mais sábia do que qualquer outra coisa e que isso reflita seu bem-estar”.

3) Deixe o livro em algum lugar público – como, por exemplo,  no banco do metrô.

Uma brincadeira divertida e emocionante, não?  A pessoa que pegar o seu livro, com certeza também vai se emocionar e passará essa ideia adiante.  Assim tornaremos o mundo um pouco mais ” leve” de se viver, principalmente para as futuras gerações que precisam usar a imaginação para sonhar.

Para qvocê preencher a lacuna que o seu livro deixou ( sim, doar livros é bom, mas dá uma dorzinha no coração, é normal), vamos sugerir um bestseller que está com tudo em 2012: A Culpa é das Estrelas do autor John Green

 

Sinopse

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante – o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos -, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

 

Gostaram das ideias? Bom, depois de fazer a brincadeira, é hora de passar na Saraiva do Grand Plaza e sentir outras emoções que só os livros lhe proporcionarão. 😉

Hasta la vista, baby!