O carnaval brasileiro é o maior do mundo – já entrou inclusivo para o Guiness Book. Mas essa não é uma festa comemorada com exclusividade no Brasil.

O carnaval tem sua origem na Grécia Antiga, como uma festa de agradecimento aos deuses pela fertilidade da terra. Cerca de um milênio depois de sua criação, a festa foi adotada pela Igreja Católica. Com o passar do tempo, tornou-se uma festa popular, que se espalhou por diversas regiões, cada uma comemorando à sua maneira. No século XIX, Paris começou a festejar o carnaval de uma forma que daria origens às comemorações mais atuais,  influenciando cidades como Nova Orleans e o Rio de Janeiro. O Rio de janeiro, por sua vez, criou o famoso desfile de escolas de samba, que depois foi exportado para outras cidades do Brasil e do mundo.

Se você já está prestas a cair na folia nesta sexta-feira de carnaval, veja algumas imagens da festa pelo mundo:

 

Nos Estados Unidos, comemora-se o Mardi Gras. Embora celebrado em vários estados, a mais tradicional festa de carnaval é a de Nova Orleans. Os foliões se fantasiam e vão às ruas celebrar. A festa conta com tradicionais máscaras de gesso, colares de conta (chamados de beads) e  paradas com bandinhas. [nggallery id=52]

 

 

Em Londres, no mês de agosto, acontece o Notting Hill Carnival, no bairro de Notting Hill (sim, aquele do filme!). O Carnaval de Notting Hill, que é a maior festa de rua  da Europa, conta com alguns trios elétricos – que raramente tocarão samba, e sim músicas agitadas que fazem parte da cultura inglesa, como musica eletrônica ou hip-hop – e muitas pessoas fantasiadas pelas ruas. Algumas fantasias até lembram as usadas nos desfiles de escolas de samba aqui do Brasil. [nggallery id=53]

 

 

O Carnaval de Veneza é um dos mais tradicionais do mundo. A festa tem duração de 10 dias! Diferente da maioria dos carnavais pelo mundo, que nasceram do povo, o Carnaval de Veneza era uma festa da elite, por isso o período é comemorado com lindos bailes de máscara e trajes que lembram a nobreza. [nggallery id=54]

 

 

Na Bélgica, há o tradicional Carnaval de Binche. Os homens fantasiados, denominados gilles, dançam ao som de tambores, dos sinos que levam à cintura e das batidas no chão dos tamancos de madeira que calçam. Já as mulheres se vestem de camponesas. Todos carregam nas mãos um maço de palha que remete à origem rural do povo de Binche. No último dia de comemoração, os gilles distribuem laranjas ao público e as mulheres ganham ramos de mimosa. [nggallery id=56]

 

 


No Carnaval de Ivrea, na Itália, acontece a Batalha das Laranjas, que representa a luta do povo contra os tiranos da Idade Média. [nggallery id=55]

 

Essas foram apenas algumas das comemorações de carnaval ao redor do mundo. Em inúmeros países o período é comemorado com festas nas ruas e muitas fantasias.

Agora você já sabe que, se quiser variar um pouco e fugir do tradicional carnaval brasileiro (que continua sendo o mais famoso do planeta), tem diversas opções de países para se aventurar!

Bom carnaval!