O ano novo já chegou, IPTU e IPVA também e você agora está com o orçamento apertado, não é mesmo? Mas você já parou para pensar nos gastos supérfluos que faz durante o mês e muitas vezes sequer percebe? Nós reunimos algumas dicas para você economizar nos gastos sem precisar quebrar o porquinho ao final do mês, olha só:

1. De olho nas despesas mensais

Faça um pente fino nas despesas essenciais da casa. Água, luz, telefone, internet: o que pode ser racionado? Depois, dê uma olhada – sim, dói um pouco na hora, mas é para um bem maior – na sua fatura do cartão de crédito, no saldo bancário e até nas notinhas fiscais perdidas na bolsa ou na carteira. Dos gastos com lazer ou despesas extras (roupas, produtos de beleza etc) o que pode ser cortado ou ter uma frequência diminuída? Reavalie com cautela cada um destes itens e comece a fazer pequenos cortes.

2. Corte os luxos

Quem não ama uma comprinha impulsiva? Nós sabemos, às vezes é difícil resistir. Porém, embora prazeroso, este ato consome muito da sua renda mensal. Fique de olho e deixe para cometer pequenas extravagâncias em intervalos longos de período.

3. Reduza excessos

Apague as luzes depois de sair do cômodo. Demore menos tempo debaixo do chuveiro. Use o secador menos vezes na semana. Tome estes pequenos cuidados e veja sua conta de energia reduzir o valor em até 30% no mês.

4. Quite as dívidas

Organize-se para pagar todas as pendências atrasadas. Às vezes, pedir um empréstimo no banco para cobrir o cheque especial e o cartão de crédito pode ser uma boa pedida, uma vez que os juros são menores.

5. Corte gastos fúteis

Salão de beleza e jantar fora toda semana são pequenos hábitos que podem ter sua frequência diminuída para quinzenal ou até mesmo mensal, dependendo da sua necessidade. Estas atividades acabam consumindo uma parcela do seu orçamento que mal se percebe.

Seguindo estas dicas à risca, temos certeza que você vai deixar seu porquinho mais rechonchudo e finalmente poder aproveitar muito melhor o seu dinheiro. 😉