Com as férias chegando, você terá mais tempo livre para fazer o que quiser e pensar em outras coisas que não o trabalho ou os estudos. Nossa sugestão é que você separe parte das suas férias para ler! Uma atividade que diverte, relaxa e agrega 🙂

 

Separamos 5 livros escritos por mulheres para você se sentir capaz de fazer qualquer coisa!

 

1. Como ser uma parisiense em qualquer lugar do mundo

 

Capa_Como ser uma parisiense.indd

 

Todas nós temos pessoas em quem nos espelhamos, desde a aparência até a maneira como agimos. Quatro autoras francesas se juntaram para falar sobre a mulher francesa como ela realmente é, longe do estereótipo. As autoras – Anne Berest, Audrey Diwan, Caroline De Maigret e Sophie – trazem relatos pessoais sobre situações do dia a dia, com soluções únicas sobre moda, família e até dietas.

2. Amiga de Juventude, de Alice Munro

livros2

 

A autora canadense ganhadora do Prêmio Nobel traz dez contos que falam sobre relacionamentos de todas as naturezas: casamentos, amizades e relações entre pais e filhos. Você poderá se identificar com vários dos personagens e ter a certeza de que não está sozinha no mundo! O título é ótimo para refletir sobre os relacionamentos que estão à nossa volta.

 

3. Não Sou Uma Dessas, de Lena Dunham

livros3

 

A roteirista da aclamada série Girls lançou seu próprio livro como só mesmo ela poderia fazer: cheio de humor, provocações e sinceridade. “Não sou uma dessas”  fala sobre sexo, amor e a resistência para aceitar a si mesma, além de experiências pessoais pelas quais Lena passou até chegar a vida adulta. A leitura é leve e rápida, perfeita para um dia de folga na varanda.

 

4. O Livro do Destino, de Parinoush Saniee

livros4

 

Parinoush nos traz uma realidade totalmente diferente daquela da mulher ocidental: a adolescente Massoumeh vê sua vida mudar completamente depois de apaixonar-se por um homem que sua família não aprova. Ela é obrigada a casar com outro homem, que nem conhece. O envolvimento político do novo marido traz diversos desdobramentos, que podem mudar o futuro político do país. Vale lembrar que O Livro do Destino já foi banido duas vezes no Irã.

 

5. Persépolis, de Marjane Satrapi

Persepolis_28nov2007

 

Persépolis é um título incrível com uma linguagem interessantíssima. A obra é autobiografia política que quebra diversos preconceitos – principalmente aquele de que as mulheres iranianas são totalmente submissas e alienadas. Vale a leitura com toda certeza. 😉

 

Para essas e muitas outras opções, por que não fazer uma visita à Saraiva aqui do Grand Plaza? Estaremos esperando por você. 😉