Comida japonesa faz muito sucesso aqui no Brasil – e em diversos países. Você encontra restaurantes nipônicos em qualquer lugar e, apesar de se diferenciarem, todos representam um pedaço da cultura japonesa que deve ser apreciado e respeitado. Como em toda cultura, existe uma etiqueta à mesa que não é muito disseminada por aqui. Nós colocamos algumas das atitudes em prática sem ao menos entender os motivos, então hoje você vai aprender tudinho com a gente!

No Oriente é muito comum compartilhar pratos: todo mundo come da mesma fonte. Nos festivais japoneses, a gente encontra esse mesmo cenário quando pede aqueles combos e bandejas. Aqui vão algumas regrinhas do que se deve ou não fazer quando compartilhamos comida, como se comportar com o seu palitinho e outras dicas curiosas.

Os palitinhos japoneses (hashi)

  • É aceitável (e aconselhável) comer sushi com as mãos;

  • Nunca passe comida do seu hashi para o hashi de outra pessoa diretamente;

  • Nunca (jamais) lute com hashi (e muito menos faça barulhos para imitar um sabre de luz);

  • Não deixe seu palito suspenso sobre o prato enquanto pensa no que vai escolher;

  • Nunca espete o seu hashi no prato de comida, esse ato é considerado um sinal de luto;

  • Nunca espete a comida com o hashi para comer, é preciso pinçá-la – caso não saiba usar o hashi, solicite um garfo ou coma com a mão – no caso do sushi;

  • Evite mexer a sopa (missô) com o hashi;

  • Evite ficar “caçando” comida em um prato compartilhado com o seu hashi – na verdade, é aconselhável usar o lado oposto do hashi para pegar comida em pratos compartilhados;

  • Não cruze seu hashi e não o aponte para outra pessoa na mesa;

  • Não use seu hashi para arrastar algo na sua direção;

  • Não lamba ou mastigue seu hashi;

Comendo sushi

  • Antes de comer, é comum que os japoneses digam “itadakimasu” à mesa. É o equivalente ao nosso “bom apetite” e significa “eu recebo humildemente”, como uma forma de agradecer pela comida servida.

  • Pedir recomendação ao sushi man mostra confiança em seu trabalho e é visto com bons olhos;

  • Evite usar muito molho shoyu pois você não sente o sabor real do peixe (e pode ofender o sushi man);

  • Coma o sushi de uma vez só – se não conseguir, duas mordidas no máximo, mas não devolva o sushi mordido ao prato;

  • Ao mergulhar o nigiri-sushi no molho, insira o peixe e não o arroz;

  • A forma correta de comer o nigiri-sushi acontece quando o peixe toca a sua língua primeiro, ou seja, segurando-o de cabeça para baixo;

  • Prato limpo (sem nenhum grão de arroz) é visto com bons olhos e sinal de que você não desperdiça comida;

  • Sirva-se sempre com molho shoyu suficiente: desperdiçar molho é uma espécie de tabu nos restaurantes japoneses mais tradicionais;

Sobre as bebidas

  • Se tiver chá, beba-o segurando o copo com uma mão e apoiando sua base na outra mão;

  • Não sirva seu próprio copo de sake, os japoneses consideram falta de educação. Sirva as pessoas ao seu redor e aguarde que alguém sirva seu copo;

  • Se servirem sopa (misso), beba-a diretamente do recipiente;

Muitas dessas regras não são levadas muito a sério por aqui, mas saber como se comportar pode ser útil caso visite um restaurante japonês mais tradicional. O importante é que você experimente um pouco de novas culturas e se divirta! Itadakimasu!

Imagens: WikiHow