mitos e verdades sorvete

Nem tudo o que a “sabedoria popular” costuma espalhar, de geração em geração, corresponde à verdade. Existe muita informação equivocada.

Desvendamos aqui alguns mitos ligados ao sorvete para você não se privar dessa delícia. Afinal, tem coisa melhor nessa época do ano que um picolé? Ou uma casquinha com uma, duas bolas de sorvete?! E que tal um sunday?!

Tomar sorvete em dias frios causa gripe e resfriado.

Mito – Pare de culpar o picolé. Ninguém fica doente porque tomou sorvete. O que faz alguém ficar gripado é a presença do vírus ou da bactéria no organismo. Na Europa o consumo de sorvete se mantém em todas as estações do ano. Mesmo no inverno.

O sorvete é contra-indicado quando estamos gripados ou com dor de garganta.

Verdade – O gelado provoca constrição dos vasos da faringe e da laringe, reduzindo o fluxo de sangue na região. Isso pode aumentar a proliferação de bactérias e causar irritação na garganta. Melhor evitar.

Não se deve tomar sorvete quando se está fazendo dieta.

Mito – Sorvetes de frutas, em geral de baixas calorias, são permitidos em dietas para redução de peso. Sempre, porém, com moderação.

Sorvete é proibido para diabéticos.

Mito – Os diabéticos podem consumir sorvetes dietéticos (sem açúcar), sem exagerar na dose.

Sorvetes de iogurte têm menos calorias.

Verdade – O iogurte congelado ou frozen é similar ao sorvete, porém, com menor teor de gordura. Na formulação não entram leite ou creme de leite, e sim, o “magro” iogurte.

Sorvete light pode ser tomado à vontade. 

Mito – Os sorvetes light costumam ter uma redução do teor de gordura ou açúcar da ordem de apenas 25%. Não é porque o alimento é classificado de light que pode ser consumido à vontade.

Picolés são menos calóricos que sorvetes de massa.

Verdade – Os picolés, geralmente à base de frutas, são menos calóricos que os sorvetes cremosos, à base de leite e creme de leite.

O sorvete pode substituir uma refeição.

Verdade – A delícia gelada tem alto valor nutritivo. A grande quantidade de leite envolvida em sua composição faz do sorvete excelente fonte de cálcio e proteínas. Pode substituir uma refeição. O ideal, porém, advertem os especialistas, é consumi-lo como sobremesa.

Certos tratamentos médicos e cirúrgicos até recomendam o consumo de sorvete.

Verdade – Em tratamentos quimioterápicos, extração de dente ou em cirurgia para retirada de amídalas, o consumo de sorvetes é recomendado. Além do valor nutritivo, o sorvete age como vasoconstritor, ou seja, estreita as artérias, ajudando a evitar sangramentos.